Sistema Swift diz estar aguardando definição sobre nomes de bancos russos para desconectá-los

O sistema Swift disse nesta terça-feira (1º) estar esperando informações sobre quais bancos as autoridades querem que sejam desconectados do seu sistema global de pagamentos como sanção em resposta à invasão da Rússia à Ucrânia.

União Europeia, Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, Canadá e Reino Unido concordaram no sábado que alguns bancos russos serão removidos do Swift para atrapalhar a capacidade deles de operar globalmente.

“Estamos conversando com essas autoridades para entender quais entidades serão submetidas a essas novas medidas e vamos desconectá-las assim que recebermos instruções legais para fazê-lo”, informou a organização nesta terça-feira.
“Sempre cumpriremos leis de sanções aplicáveis”, apontou o comunicado.

Os bancos usam o Swift, com sede na Bélgica, para enviar milhões de instruções diariamente, dando suporte a trilhões de dólares em pagamentos anuais para sustentar o comércio internacional.

O Conselho dos Estados da UE, que deve publicar uma lista dos bancos afetados, não comentou imediatamente.

O sistema financeiro mundial está cortando laços com a Rússia e seus bancos para impedir que empresas russas levantem fundos em mercados estrangeiros.

g1

Postado em 1 de março de 2022