Empregados felizes trazem 12% a mais de lucro para as empresas

De acordo com Universidade de Warwick, no Reino Unido, empregados felizes são 12% mais produtivos . Ou seja, investir na qualidade de vida do funcionário é fundamental para a empresa aumentar a margem de lucro e melhorar o ambiente de trabalho.

Foi pensando nisso que a vice-presidente da Apsen Farmacêutica, Renata Spallicci, passou a se preocupar com a saúde mental e felicidade da empresa. Ela afirma que fatores como sentimento de pertencimento, conexões sociais e um propósito de vida impactam na alegria das pessoas, seja no trabalho ou fora dele.

De acordo com Renata, o excesso de controle por regras e horários aumenta a ansiedade e o medo. “Outro aspecto danoso é um sistema de remuneração que instigue um clima de competição, colocando um trabalhador contra o outro”, adiciona.

Uma boa maneira de produzir um ambiente de trabalho menos estressante é por meio do humor. “Neste novo mundo de trabalho remoto, em que raramente vemos nossos colegas pessoalmente, o humor é uma das forças mais poderosas que uma companhia detém para construir uma conexão genuína, bem-estar e segurança intelectual entre os colegas”, destaca a executiva.

A explicação para este poder do humor reside nos nossos hormônios. “Quando rimos, ficamos menos estressados, ligeiramente eufóricos e mais confiantes, fazendo com que ajamos de maneira mais criativa e engenhosa, por exemplo”, relata a vice-presidente da Apsen Farmacêutica.

Nesse sentido, dois hormônios são essenciais para gerar bem-estar aos colaboradores: a oxitocina e a dopamina. A primeira estimula o cérebro a criar laços emocionais e a confiar mais nos outros, e a outra torna a memória mais potente, facilitando o aprendizado e consequentemente potencializando a eficiência para realização das tarefas.

Ao perceber isso, Renata aconselha os profissionais a zelarem por um ambiente de trabalho remoto mais leve e divertido, aceitando as pequenas oportunidades de humor proporcionadas por seus colegas, contribuindo para que o relacionamento com eles se fortaleça. Renata recomenda ainda a criação de novos hábitos que auxiliem a impulsionar a leveza na empresa, sempre lembrando as pessoas para continuarem sorrindo.

“Além do divertimento que afeta positivamente o ambiente de trabalho, está claro que o humor é uma ferramenta valiosa para cargos de liderança, comunicação e autoconsciência”, diz.

Fonte: IG

Postado em 4 de julho de 2021