Bolsonaro diz ao STF que não tem responsabilidade por falta de vacinas

Jair Bolsonaro argumentou no STF que não tem a menor responsabilidade pela escassez de vacinas.

O posicionamento bolsonarista é uma resposta a um pedido da OAB à PGR para processá-lo por quatro crimes.

Diz a AGU:

“O ente federal está adotando as medidas para garantir as vacinas e demais insumos à população, de modo que os atrasos verificados na efetiva aplicação das doses, a cargo dos entes subnacionais, não podem ser imputados ao ente federal.”

Jair Bolsonaro omite a ordem que deu a Eduardo Pazuello para sabotar a compra da Coronavac. Ou sua recusa a negociar a vacina da Pfizer, que lhe foi oferecida pelo próprio laboratório no ano passado.

Fonte: O Antagonista

Postado em 6 de abril de 2021