‘Não contem comigo para esse circo’, afirma Ciro sobre candidatura de Lula

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) criticou nesta segunda-feira (8) o debate sobre a elegibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para as eleições de 2022. “Não contem comigo para esse circo”, afirmou.

Lula disse estar “à disposição” para ser o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) nas próximas eleições presidenciais, porém suas condenações o impedem de competir, visto que ele se enquadraria na Lei da Ficha Limpa. “Nós vamos ficar discutindo: o Lula é elegível? O Lula é inelegível? Olha, esse filme eu já vi. Não contem comigo. Não contem comigo para esse circo mambembe porque a tragédia brasileira não permite mais contemporização”, declarou Ciro.

O ex-ministro ainda questionou uma possível vitória do PT. “Derrotar o Bolsonaro e construir uma saída para o Brasil, é razoável que a saída para o Brasil seja voltar o Lula e o petismo ao poder? É isso, a volta ao passado, de quem tendo tido a oportunidade de ouro de governar por 14 anos, com popularidade que alcançou 86%, não ter promovido uma única mudança institucional na vida brasileira?”.

“Quem é o mais importante líder do campo progressista brasileiro? O Lula. Tenho humildade de reconhecer. O Lula nunca aceitou essa conversa. Quando nós entabulamos essa conversa, até o Fernando Henrique [Cardoso] veio, e o Lula simplesmente censurou o manifesto, que o mundo inteiro assinou, inclusive eleitores tradicionais dele. O Lula esculhambou, dizendo que não era Maria vai com as outras. O Lula só pensa em si. Depois de se pensar no PT, o Brasil vem em décimo quinto lugar”, concluiu.

Porém, para Ciro, a condenação de Lula no caso do tríplex do Guarujá deve ser anulada. “Eu sustento que o Moro é um idiota, ambicioso, inescrupuloso, e que semeou nulidades e, portanto, o processo que condenou o Lula no tríplex, na minha opinião, é nulo. E anulado, nesse processo, o Lula voltaria a ter as franquias. O povo vai pensar que ele foi inocentado, não os atos presididos pelo juiz suspeito, que é bandido”, afirmou.

Fonte: UOL

Postado em 9 de março de 2021