Secretários estaduais de Saúde defendem toque de recolher nacional

O Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde) divulgou, nesta 2ª feira (1º.mar.2021), uma carta na qual pede a adoção imediata de um toque de recolher nacional. O comunicado pede que a medida seja implementada das 20h às 6h e durante os finais de semana em todos os Estados brasileiros.

Segundo o Conass, a adoção nacional das medidas é necessária devido a “ausência de uma condução nacional unificada e coerente” da pandemia no país. Os secretários também recomendaram outras ações para reforçar o rigor das medidas de restrição que consideram urgentes para “evitar o iminente colapso nacional das redes pública e privada de saúde”.

Eis as recomendações:

  • proibição de eventos presenciais como shows, congressos, atividades religiosas, esportivas e correlatas em todo território nacional;
  • suspensão das atividades presenciais de todos os níveis da educação do país;
  • fechamento das praias e bares;
  • a adoção de trabalho remoto sempre que possível, tanto no setor público quanto no privado;
  • instituição de barreiras sanitárias nacionais e internacionais, considerados o fechamento dos aeroportos e do transporte interestadual;
  • adoção de medidas para redução da superlotação nos transportes coletivos urbanos;
  • ampliação da testagem e acompanhamento dos testados, com isolamento dos casos suspeitos e monitoramento dos contatos.
Postado em 1 de março de 2021