São Paulo tem a pior defesa da Série A em 2021 ao lado do lanterna Botafogo

O São Paulo tem, ao lado do Botafogo, a pior defesa de 2021 entre os 20 clubes da Série A. O time sofreu 12 gols em cinco jogos: média de 2,40 gols levados por partida, mesmo número do clube carioca, lanterna da competição (veja a tabela abaixo). Os dados são do Espião Estatístico do ge.

Nove dos 12 gols sofridos pelo São Paulo neste ano foram nas derrotas para Bragantino (4 a 2) e Internacional (5 a 1).

Os 12 gols sofridos representam pouco menos de um terço dos 34 que o São Paulo tomou em todo o Brasileirão – levou 22 gols em 27 partidas.


Melhores defesas dos clubes da Série A em 2021

TimeJogosGols sofridosMédia gols sofridos 2021
Athletico-PR530,60
Internacional540,80
Atlético-GO760.86
Palmeiras881,00
Ceará551,00
Sport551,00
Grêmio551,00
Coritiba561,20
Bragantino561,20
Flamengo561,20
Bahia451,25
Santos791,28
Vasco681,33
Fortaleza571,40
Atlético-MG571,40
Corinthians461,50
Fluminense591,80
Goiás6132,17
Botafogo5122,40
São Paulo5122,40

Fonte: Espião Estatístico

O jejum de seis jogos sem vitória e os números ruins da defesa se refletiram na tabela do Brasileirão. O São Paulo saiu de líder com sete pontos de vantagem para segundo colocado quatro pontos abaixo do Internacional.

Outra coisa que chama a atenção são os pontos conquistados em 2021. O São Paulo só não somou menos pontos do que o próprio Botafogo em 2021 no Campeonato Brasileiro.

Líder da competição até o final de 2020, o Tricolor conquistou apenas dois pontos dos 15 disputados até aqui e é o vice-lanterna do torneio em pontos ganhos neste ano. O clube carioca perdeu todos os jogos.

No ataque, Brenner já vive seu pior jejum desde que virou titular. São seis jogos sem que o artilheiro da temporada do elenco não marca um gol.

A seis jogos do término do Brasileirão, o Tricolor vê seu desempenho despencar e vive uma nova crise na temporada.

O próximo desafio será contra o Atlético-GO, domingo, às 16h, em Goiânia, pela 33ª rodada do Brasileirão. Pressionado, o técnico Fernando Diniz revive o mesmo panorama do primeiro turno, quando corria risco de demissão, venceu e buscou uma volta por cima.

Agora, caso repita aqueles resultados, o São Paulo pode tentar voltar a sonhar. Por outro lado, se o time não conseguir o título do Brasileirão, a permanência do treinador para a temporada de 2021 é considerada difícil.

Fonte: Globo Esporte

Postado em 27 de janeiro de 2021