Big Brother Brasil atrai mais de R$ 530 mi em patrocínios

Casa Big Brother Brasil 2019 – BBB 19 – O apresentador Tiago Leifert

Principal atração da grade de programação da Rede Globo no primeiro trimestre, e também com consideráveis receitas de publicidade, o Big Brother Brasil chega à sua 21ª edição com muita expectativa, como deixou claro o âncora Tiago Leifert em entrevista a Serginho Groisman no programa Altas Horas exibido há cerca de um mês.

A estreia será no dia 25 de janeiro com vários anunciantes buscando a penetração multiletas da atração em formatos como exibição de comerciais, merchandising, squeeze, promoções, testemunhais e product placement, por exemplo. Entre as marcas confirmadas estão a Amstel, Americanas, PicPay, Seara, Procter & Gamble, Above, Organnact, C&A, Avon e McDonald’s. A ideia é que cada uma delas tenha aproveitamento customizado nas suas respectivas veiculações.

Segundo informações publicadas no jornal Extra, também do Grupo Globo, assim como a Rede Globo, o faturamento com publicidade será de mais R$ 500 milhões, um incremento provável de 55%. Apenas com Futebol e Fórmula 1 a emissora controlada pela família Marinho consegue receitas superiores. A cota master tem valor de R$ 78 milhões. A cota Anjo R$ 59 milhões.

Fonte: Propmark

Postado em 4 de janeiro de 2021