São Paulo abre vantagem com mérito e joga o melhor futebol do Brasil

A vitória do São Paulo sobre o Fluminense é um importante passo na briga pelo título do Brasileirão. Os sete pontos de vantagem para Atlético-MG e Flamengo (tem um jogo a menos) a 11 partidas do fim do campeonato traduzem nos números o bom desempenho do Tricolor de Fernando Diniz.

Pode parecer exagero diante da maneira como o time construiu a vitória no Maracanã, mas o São Paulo joga o melhor e mais regular futebol do Brasil. Exceção feita à derrota para o Corinthians, na casa do rival, o Tricolor do Morumbi mantém recentemente um nível de atuação com ideia clara de jogo e domínio dos adversários.

Sim, o São Paulo oscilou ao longo do jogo no último sábado. Sofreu riscos. Cedeu chances ao Flu, principalmente no segundo tempo. Foi pressionado no fim. Mas no geral jogou melhor e mereceu a vitória.

Como também merecia melhor resultado na derrota por 1 a 0 para o Grêmio, pela primeira semifinal da Copa do Brasil, em Porto Alegre.

Na minha opinião, inclusive, o São Paulo jogou melhor na derrota para o Grêmio do que na vitória diante do Fluminense. Pelo domínio e chances cedidas aos adversários nos respectivos jogos.

No Maracanã, um resultado diferente da vitória do São Paulo possivelmente inundaria a internet de críticas à saída de bola do time de Fernando Diniz. Isso porque o gol do Fluminense nasceu de um erro de Gabriel Sara na troca curta de passes.

Mas vale lembrar: este foi apenas o segundo gol sofrido pelo São Paulo em erros dessa maneira durante toda a temporada (o outro foi na derrota para a LDU, pela Libertadores).

Pela quantidade de gols e jogadas criadas justamente por meio da saída de bola construída com passes, a conta é amplamente favorável ao São Paulo.

Ao longo do jogo no Maracanã, um detalhe chamou a atenção: a quantidade de jogadores do São Paulo dentro da área para finalizar as jogadas. Seja em lances de sucesso ou não.

Fonte: Globo Esporte

Postado em 27 de dezembro de 2020