Tênis de mesa: brasileiros brigam muito, mas são derrotados na China

Esta quinta-feira (26) não começou bem para os representantes do tênis de mesa do Brasil no WTT de Macau, na China. Ainda na madrugada pelo horário de Brasília, Gustavo Tsuboi, o primeiro a entrar em quadra, acabou derrotado pelo sueco Mattias Falck (9º do mundo). O mesatenista verde e amarelo, número 44 do ranking mundial, não começou bem a partida. Parecendo sentir o jogo, Tsuboi cedeu muitos pontos em erros para o adversário. A partir do segundo set, porém, ele se acalmou e jogou melhor. Inclusive, teve chances de vencer as duas parciais seguintes. Mas acabou sendo derrotado em set seguidos (com parciais de 11-5, 11-10 e 11-10) e parou na segunda fase do torneio. Na noite desta quarta (25), Tsuboi havia conseguido uma importante vitória sobre o chinês Zhao Zihao (23 do mundo), por 3 a 1 (4/11, 11/6, 11/8 e 11/8).

Na manhã de quinta, o chinês Lin Gaoyuan, quinto do ranking mundial, superou o brasileiro Hugo Calderano, que é o sexto na lista dos melhores jogadores do mundo. Disputando uma espécie de torneio preliminar para definir as posições dos cabeças de chave na etapa principal do WTT de Macau, Calderano conseguiu abrir dois sets sobre o rival chinês. Só que, como havia acontecido na quarta-feira, quando foi superado por outro chinês (Xu Xin, segundo do mundo) por 3 a 2, ele não manteve o ritmo de jogo e acabou permitindo que Gaoyuan fechasse a partida em 3 a 2 (5-2, 5-2, 3-5, 1-5, 2-5).

Os dois resultados adversos deixam Calderano como o quarto melhor cabeça de chave do torneio mata-mata principal do WTT de Macau como o quarto mais bem ranqueado dentre os cabeças de chave para os mata-matas a partir das quartas de final. Assim, o carioca terá pela frente outro chinês. Número 12 do ranking mundial, Wang Chuqin será o adversário do Calderano nesta sexta-feira em horário a ser definido pela organização do evento.

O WTT de Macau, que encerra a temporada 2020 do tênis de mesa, está sendo disputado em um formato diferenciado. Começaram o torneio 16 atletas. Os quatro primeiros cabeças de chave se enfrentaram previamente em um grupo separado para definirem as posições para os enfrentamentos com os demais a partir das quartas de final. Os mesatenistas posicionados entre a quinta e a oitava posições entraram nas oitavas de final. Apenas os outros oito participantes ingressaram no WTT desde o início, já fazendo jogos eliminatórios diretos. Além desse formato inovador, o torneio ainda está sendo disputado com pontuações tem pontuações diferentes. As finais acontecerão no próximo domingo (29).

Fonte: Agência Brasil

Postado em 26 de novembro de 2020