(84) 99605-4179

Guarda Municipal começa a operar na Patrulha Maria da Penha em Natal

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) iniciou, nesta segunda-feira (1º), a operar a Patrulha Maria da Penha em Natal. Após formar mais de 100 guardas municipais para atuar no patrulhamento e proteção às mulheres vítimas de violência doméstica, as viaturas começaram a cumprir o roteiro de visita domiciliar e rondas na cidade.

A secretária da Semdes, Mônica Santos, explicou que a Patrulha Maria da Penha funciona a partir do momento em que o agressor é notificado pela Justiça sobre a medida protetiva que o impede de se aproximar da vítima. A equipe multidisciplinar entra em ação, primeiro em contato com a vítima, para que ela autorize o acompanhamento da ronda. A mulher recebe visitas periódicas e é monitorada entrando em contato com a Ronda da Guarda Municipal, caso se sinta ameaçada.

“Ao ser acionada, a Patrulha Maria da Penha age e comunica à Justiça que houve o descumprimento da medida judicial dando toda a proteção legal a vítima de violência doméstica”, relatou.

A guarda municipal M. Oliveira, informou que o roteiro de patrulhamento foi iniciado com uma “visita tranquilizadora”, a uma vítima no bairro do Alecrim. A Patrulha segue durante todo o dia de hoje seguindo o cronograma nos bairros do Planalto, Felipe Camarão, Tirol, Pajuçara e Gramoré.

A Patrulha Maria da Penha vai seguir regularmente as rotas de patrulhamento e monitoramento nas residências onde estão as mulheres vítimas de violência ou grave ameaça, como também deve agir no sentido de promover visitas tranquilizadoras com aconselhamento de segurança e encaminhamento aos serviços especializados da rede de proteção e atendimento a mulher do município. “Destaco aqui a sensibilidade do prefeito Álvaro Dias em reconhecer a importância dessa Patrulha para as mulheres de Natal”, concluiu a secretária Mônica Santos.

Fonte: Agora RN

Postado em 2 de junho de 2020