Mulher de Lagoa de Pedras é 17ª pessoa morta por novo coronavírus no RN

O Rio Grande do Norte teve a 17ª morte confirmada em decorrência do novo coronavírus. A vítima foi uma mulher de Lagoa de Pedras, que que ainda não teve nome e idade revelados pela Secretaria de Saúde do município. Ela tinha histórico de problemas cardíacos e respiratórios e faleceu no sábado (11).

Segundo o secretário de Saúde de Lagoa de Pedras, Alberto de Carvalho, a mulher estava internada desde o sábado (4), quando apresentou sintomas da doença, principalmente o cansaço. Ela foi direcionada a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Parnamirim e, em seguida, foi encaminhada ao hospital Giselda Trigueiro, em Natal, no domingo (5).

De acordo com o relato do secretário, a paciente tinha problemas cardíacos, era asmática e já havia sido entubada há três anos, durante outro problema de saúde. Dessa vez, no entanto, havia a suspeita de que ela poderia estar infectada pelo novo coronavírus. Após passar pelo tratamento e não resistir, ela faleceu no sábado passado e o exame confirmou que ela estava com coronavírus.

O secretário de Saúde de Lagoa de Pedras não tinha informações sobre como a vítima poderia ter sido contagiada pelo novo coronavírus. Segundo ele, a paciente chegou a passar por uma consulta em Natal há mais de 18 dias, mas não sabia quais os sintomas que ela apresentava à época.

Com a morte da paciente de Lagoa de Pedras, o Rio Grande do Norte soma 17 óbitos em decorrência do covid-19. As mortes foram registradas em Mossoró (6), Natal (4), Cerro Corá (1), São Gonçalo do Amarante (1), Taipu (1), Tenente Ananias (2), Apodi (1) e, agora, Lagoa de Pedras (1).

Fonte: Tribuna do Norte

Postado em 13 de abril de 2020