230 deputados faltam a pelo menos 1/4 das votações nominais da Câmara no semestre