Casa de opositor Leopoldo López é invadida e roubada em Caracas

A casa do opositor venezuelano Leopoldo López foi invadida e roubada nesta quarta-feira (1º) por vários homens que testemunhas identificaram como agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin), órgão ligado ao chavismo.

“Foi o Sebin, o Sebin mau porque há agentes patriotas que querem a liberdade da Venezuela”, disse em entrevista Lilian Tintori, mulher de Lopez, pouco depois de entrar no imóvel.

Lilian e López estão hospedados na residência do embaixador da Espanha em Caracas, Jesús Silva Fernández. De acordo com o governo do país, eles não pediram asilo político.

López, que cumpria 14 anos de prisão em regime domiciliar, foi libertado na madrugada de terça-feira (30) por um grupo de militares e funcionários do Sebin que tinham se unido ao líder do parlamento e autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó.

López participou, ao lado de Guaidó, do levante nos arredores da base aérea de La Carlota e convocou os manifestantes a tomarem as ruas do país para forçar a saída de Nicolás Maduro do poder.

Fonte: G1

Postado em 2 de maio de 2019