No Dia Mundial da Saúde, profissionais alertam para importância da ingestão de água

Neste domingo (7) foi comemorado o Dia Mundial da Saúde. A data tem como finalidade conscientizar a população a respeito da importância de manter o corpo e a mente saudáveis. Dentre os cuidados básicos, ainda é uma preocupação dos profissionais de saúde a ingestão de água de qualidade. De acordo com o nutricionista Rodrigo Ruegg, em todo tempo a água participa de algum processo no organismo, seja de digestão, absorção, transporte de nutrientes, circulação e até para excreção.

“A água também proporciona a estrutura celular, lubrifica e protege nossos órgãos internos e o mais importante, controla a temperatura do corpo”, complementa o professor do curso de Nutrição da Faculdade Estácio.

O baixo consumo de água pode ocasionar problemas como fadiga, constipação intestinal (prisão de ventre), reumatismo, enxaqueca. Em contraponto, além de evitar os problemas citados, a ingestão do líquido traz benefícios para uma pele saudável, ajuda no combate ao sobrepeso, regula a temperatura corporal, melhora a absorção e distribuição de nutrientes. A água mineral também é composta por sais minerais essenciais ao corpo humano.

Estatísticas da Organização das Nações Unidas (ONU) mostram que 58% dos municípios no Brasil não possuem água tratada, o que sugestiona as pessoas a comprarem água de beber. “Como a informação sobre a importância de se beber água confiável tem sido cada vez mais popularizada, a gente percebe que isso tem influenciado no mercado de água mineral. No RN, hoje, praticamente 60% dos potiguares consomem o produto”, revela Djalma Cunha, presidente do Sindicato da Indústria de Águas Minerais e Bebidas em Geral do RN (Sicramirn).

Fonte: G1 RN

Postado em 8 de abril de 2019