Asteroide que faz máxima aproximação com a Terra tem sua própria lua

Ontem, dia 7 de janeiro, um asteroide intitulado 2016 AZ8 passou próximo da Terra a uma distância de 2,8 milhões de quilômetros. Esse asteroide tem cerca de 430 metros de diâmetro, e passou a uma distância segura, bem mais distante do que a Lua está de nós. Até aí, nada de anormal. Mas algo chamou a atenção dos astrônomos.

Ao utilizar o gigantesco Observatório do Arecibo, em Porto Rico, e lançarem um feixe de rádio na direção desse objeto, foi possível detectar essa imagem, que revela um satélite natural em torno do asteroide 2016 AZ8.

Fonte: Galeria do Meteorito

Postado em 9 de janeiro de 2019