Sobe para 44 mortos e 660 feridos o nº de vítimas de terremoto no Japão

Subiu para 44 mortos e 660 feridos o número de vítimas de um forte terremoto que ocorreu na semana passada no norte do Japão, informou nesta segunda-feira (10) o governo do país.

O fornecimento de energia segue afetado na região, e o governo pede uma economia de energia de 20% em Hokkaido. A montadora Toyota está com o trabalho suspenso em 16 de suas 18 fábricas.

O terremoto de magnitude 6,7 ocorreu na madrugada de quinta-feira (6) e paralisou temporariamente a ilha de Hokkaido, cortando o acesso por via aérea e ferroviária e derrubou a energia da ilha, que tem o tamanho da Áustria.

Cerca de 2,5 mil pessoas permanecem desabrigadas, segundo a Agência de Gestão de Incêndios e Desastres do país, após deslizamentos de terra enterrarem casas e as chuvas no fim de semana afetarem o solo – uma ameaça ainda maior a casas instáveis.

Cerca de 40 mil pessoas trabalham na limpeza e na retirada de escombros, segundo Yoshihide Suga, porta-voz do governo, e não há mais moradores desaparecidos.

Fonte: G1

Postado em 10 de setembro de 2018