Deputado do RN que usa tornozeleira eletrônica não pode concorrer nas eleições 2018

O deputado estadual Dison Lisboa (PSD) teve seus direitos políticos cassados e não pode concorrer nas eleições deste ano, segundo o Ministério Público. O Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu o trânsito em julgado da decisão que condenou criminalmente o parlamentar – fato que impede a candidatura.

Dison Lisboa foi condenado, em 2013, a cinco anos e oito meses de prisão por apropriação de bens ou rendas públicas quando era prefeito do município de Goianinha, na Grande Natal, e recorreu em liberdade.

No ano passado, o Ministério Público Estadual (MPRN) requereu o cumprimento imediato da pena. Atualmente, o parlamentar cumpre pena em regime semiaberto, e voltou às atividades na Assembleia Legislativa usando uma tornozeleira eletrônica.

O G1 tentou contato com a assessoria de Dison, mas não teve as ligações atendidas.

Fonte: G1 RN

Postado em 23 de agosto de 2018