Camisa 7 engata boa sequência, desata a marcar belos gols e coloca Rubro-Negro nas oitavas da Libertadores após oito anos

Quis o destino que a noite mais feliz de Éverton Ribeiro com a camisa do Flamengo viesse em um momento em que as emoções fora de campo estão à flor da pele. Os dois belos gols sobre o Emelec, que classificaram o Flamengo às oitavas de final da Libertadores, premiaram um pai que precisou – e conseguiu – dividir a mente na chegada de um bebê prematuro com o momento chave da equipe que defende.

Augusto chegou antes da hora. A previsão era de que o filho do camisa 7 nascesse no meio de junho, durante a parada do futebol brasileiro para a Copa do Mundo. No entanto, a esposa Marília deu à luz na última sexta-feira. Desde então, o pequeno Guto está na UTI neonatal. Procedimento normal nessas situações.

Éverton e a esposa preferiram não alardear e só divulgaram o nascimento para parentes e amigos próximos. Há duas semanas, desde que Marília foi internada, o jogador tem dormido várias noites ao lado dela no hospital. As famílias de ambos estão no Rio para suporte.

Fonte: GloboEsporte.com

Postado em 17 de maio de 2018